quinta-feira, 15 de maio de 2008

Ponto de Situação #7 - Recolha de Sangue

A recolha de sangue finalmente está concluída. Após uma tentativa fracassada de extrair sangue do meu corpo através de um corte de bisturi no braço (o que não foi muito inteligente, diga-se desde já!), consegui agora, com o auxílio da minha mãe e dos seus conhecimentos médicos, extrair sangue pelo método tradicional. Seringa e agulha.
Não sei como descrever a minha experiência de recolha de sangue, dado que não foi um caso único. Não foi a primeira vez que recolhi sangue e acabou por ser igual a todas as outras vezes.


fotograma: Henrique Serro

Só mudou a enfermeira (por uma médica que curiosamente era a minha mãe) e o cenário (que curiosamente era a cave lá de casa). Fora isso foi completamente normal. O garrote no braço. Uma pontada de dor mínima. O sangue a entrar na seringa. O algodão a estancar o orifício. Tudo normal.
Um pormenor positivo da recolha de sangue no local onde foi feito é o facto de não cheirar constantemente a éter como acontece em todos os Hospitais. Fico sonolento com o cheiro a éter e isso deixa-me desconfortável.


fotograma: Henrique Serro
video

Sem comentários: