quarta-feira, 21 de maio de 2008

Ponto de Situação #8 - Taxidermia Final

A criatura está oficialmente concluída (tirando alguns detalhes que possam vir a surgir, eventualmente). Aquilo por que tanto tenho trabalhado finalmente assumiu uma forma. Um tanto monstruosa, é verdade, mas bonita. O filho é sempre bonito aos olhos do pai. É verdade, sinto-me um jovem pai que não consegue conter o entusiasmo. Não posso dizer que tem "os olhos do papá" dado que ainda não tem olhos, mas vou tentar encontrar uns à medida. Não com a minha carga genética, pois essa já carrega dentro dela (sangue), mas com a carga emocional.

Esta segunda fase de taxidermia correu bastante bem. Tratou-se da costura. Em nada foi repugnante, ao contrário da primeira etapa da taxidermia final (corte e extracção do interior). As peles já não tem um cheiro tão intenso e já não foi necessário lidar com os órgãos internos (que por falar nisso ainda estão na "Arca de Noé" ... ups!).
Comecei por limpar as manchas na pele dos animais, com o auxílio de uma escova dos dentes velha e gasta. As escamas da truta tinham de saltar fora pois apodrecem muito facilmente, o que é de evitar. Seguidamente, uni a parte dianteira da iguana com a parte traseira da truta. Enchi o interior com desperdício de tecido, o tubo com o meu sangue e um pouco de anti-traça (mecanismo de defesa). Suturei o conjunto e Voilá! O resultado foi este. Espero que gostem.

3 comentários:

cat on art disse...

brh+...bicho/reinventar/heroi...mais(de pontuaçao):)

Catarina Silva disse...

Esta muito giro, mas eu nao conseguia fazer nada disto! Tenho medo, sou medricas! Mas esta muito fixe!
bjo katty

Rochele Rosa disse...

PRESISAVA DE SUA AJUDA SOBRE,TAXIDERMIA,,, UM VIDIO OU FOTOS REAIS! MAS COM TODAS AS ETAPAS SABE;?